O que são altas habilidades intelectuais?

2259
David Holt

Crianças com altas habilidades intelectuais são aqueles que têm um nível superior de desempenho intelectual em um amplo espectro de assuntos e aprendem de forma rápida e fácil em um grande número de disciplinas.

São três variáveis ​​complexas que definiriam o sujeito com alta capacidade intelectual: inteligência acima da média, criatividade e comprometimento ou motivação para a tarefa. A inteligência, sendo um fator múltiplo e não unitário, não seria suficiente para explicar as altas capacidades. 

Os jovens com alta capacidade intelectual precisam de atenção especial para uma gestão adequada de suas capacidades e potencialidades. O conhecimento, a conscientização, a dotação de recursos e o treinamento dos agentes educacionais são vitais para garantir que eles cresçam saudáveis ​​e felizes..

A seguir apresentarei 13 sinais que podem indicar que você está enfrentando uma criança com grandes capacidades. Também darei orientações para gerenciar e promover as diferentes características.

Sinais de crianças com altas habilidades intelectuais

1- Eles aprendem rápida e facilmente sempre que estão interessados

Crianças com altas capacidades têm aprendizagem mais rápida, bem como maior facilidade nisso sempre que condições específicas são atendidas.

Um dos mitos é que essas crianças sempre aprendem mais rápido em qualquer matéria e isso não é verdade. Esse aspecto está diretamente relacionado à motivação, que, como em qualquer aluno, é fundamental para o aprendizado..

Poderemos observar um desempenho muito elevado nestes alunos desde que os seus interesses e necessidades sejam ouvidos e atendidos, descobrindo do que gostam, quais os aspectos que mais os interessam, etc..

2- Vocabulário avançado para sua idade

Talvez o tema da linguagem seja um dos aspectos mais marcantes para detectar precocemente uma criança com altas capacidades. Crianças com altas habilidades têm um vocabulário e linguagem muito mais ricos do que crianças de sua idade.

Por tudo isso, é importante que nos adaptemos ao seu nível nas conversas e que respondamos a ele com base no seu nível de expressão e compreensão, evitando a simplificação da linguagem só por ser criança..

3- Eles entendem ideias abstratas e complexas de uma forma excepcional

Seu nível de manipulação em termos de simbologia e abstração inclui, por sua vez, o manejo das relações entre pessoas, eventos e ideias..

É importante fornecer-lhes fontes de informação sobre vários temas e dar-lhes oportunidades de apresentarem o seu raciocínio através de trabalhos escolares, diálogos, debates, etc..

4- Sua capacidade de generalizar o aprendizado é alta, sendo bons em formular princípios comuns em várias disciplinas

No ambiente escolar, é importante que, na medida do possível, o aluno tenha a possibilidade de lidar com as disciplinas de uma perspectiva global, para que possa elaborar tais generalizações livremente..

O professor deve estar acessível e interessado diante dessas descobertas.

5- Apresentam altos níveis de criatividade e flexibilidade na produção de ideias, objetos e soluções

Portanto, é necessário que a estruturação das atividades escolares seja o mais flexível possível, permitindo ao aluno chegar à mesma solução de diferentes formas, diversificando os meios de aprendizagem e deixando espaço para que explorem suas possibilidades criativas em diferentes níveis..

6- Eles têm um interesse profundo e às vezes apaixonado por uma área particular

Temos que abrir espaço no currículo, principalmente no caso de crianças com altas habilidades, para que aprendam diferentes disciplinas por meio de um centro de interesse.

Se esta área especialmente motivadora for, por exemplo, o espaço sideral, podemos projetar atividades ou guias de aprendizagem com esse tema para que a criança se sinta mais motivada.

7- Eles têm altos níveis de memória de trabalho

Eles podem manter muitos itens e são bons em armazenar conjuntos de respostas para resolver itens.

É conveniente propor tarefas complexas em que a solução dependa de um número considerável de elementos, convidando-os à razão e à reflexão..

8- Grande capacidade de análise da realidade, sensibilidade aos problemas sociais

Destacam-se pela maturidade ao raciocinar sobre os fatos da vida e pela atitude pró-ativa para eliminar injustiças e problemas sociais..

Por isso, pode ser muito estimulante para eles levantar dilemas éticos, debates sobre diferentes aspectos sociais, etc..

9- Crianças com altas capacidades apresentam altas habilidades de comunicação

As altas capacidades não se limitam à grande capacidade verbal, mas também à facilidade com que expressam ideias através da escrita, imagens, sons ou gestos..

Pode ser uma boa ideia propor jogos e atividades que envolvam diferentes meios de comunicação e expressão..

10- Apresentam grande perfeccionismo e busca pela excelência

Crianças com altas habilidades geralmente desejam executar tarefas de maneira brilhante e se destacar, em geral, em relação a outros colegas.

Devemos promover uma competitividade saudável consigo mesmo e ao mesmo tempo fazê-lo compreender progressivamente o valor do trabalho em equipe e o que cada pessoa pode contribuir com suas diferentes habilidades..

11- Eles preferem a companhia de pessoas mais velhas

Às vezes, a dessincronia com relação aos colegas pode fazer com que a criança com altas habilidades busque interagir com pessoas mais adequadas ao seu nível intelectual..

Podemos promover a comunicação entre alunos de diferentes séries por meio de atividades cooperativas para que a criança com altas habilidades diversifique seus relacionamentos.

12- Eles são líderes naturais

Em geral, crianças superdotadas tendem a ter habilidades de liderança e suas habilidades de comunicação os ajudam a influenciar os outros.

É conveniente gerir bem esta capacidade para torná-la um fator que favoreça o seu desenvolvimento, dando-lhes a possibilidade de dirigir projetos, orientar outros colegas, etc., desde que combinada com atividades cooperativas..

13- Eles são responsáveis, autocríticos e atenciosos

Crianças com altas capacidades têm uma grande capacidade de questionar e avaliar suas próprias ações e as dos outros.

Na hora de resolver conflitos ou falar de comportamentos inadequados de sua parte, é preciso dar espaço a essa capacidade reflexiva, permitindo-lhes dar suas razões e tirar conclusões sobre sua forma de agir, é preciso promover um desenvolvimento saudável em. estas crianças.

Altas habilidades, talento e gênio

Deve-se destacar que em inúmeras ocasiões encontramos pessoas que se destacam de alguma forma e que de forma coloquial podem ser definidas como possuidoras de altas habilidades..

No entanto, para identificar corretamente as altas capacidades, é necessário ter clareza sobre outros conceitos relacionados.

A precocidade, tecnicamente, não é um fenômeno intelectual, mas sim evolutivo. Este termo refere-se a crianças que apresentam um desenvolvimento mais avançado em termos de aparência e consolidação..

Embora algumas crianças tendam a ser precoces em alguma área específica do desenvolvimento, nem sempre é o caso, e nem todas as crianças precoces apresentam todas as características que definem altas habilidades intelectuais..

O talento, por outro lado, refere-se a pessoas que se destacam em uma determinada área, por exemplo, arte ou matemática. No entanto, pessoas talentosas têm classificação média em todas as outras áreas.

O gênio, enfim, é aquele que faz um “trabalho brilhante”, que realiza algo inovador em benefício da humanidade. Portanto, nem todas as crianças com altas habilidades são gênios, embora os gênios tendam a ter altas habilidades..

Mitos sobre altas capacidades e expectativas a serem evitadas em sua detecção

Ao descrever crianças com altas capacidades para identificá-las corretamente, devemos nos basear em diretrizes científicas, evitando as crenças populares que existem sobre esse grupo..

Portanto, antes de abordar as características comuns que nos ajudarão a detectar um aluno com altas habilidades, devemos esclarecer os seguintes pontos:

  • Não devemos presumir que crianças superdotadas se destacarão em todas as áreas de desenvolvimento, que serão emocionalmente maduras, exibirão autocontrole e tentarão agradar ao professor..
  • Nesse sentido, também não devemos esperar que eles se destaquem em todas as áreas do currículo escolar. Freqüentemente, espera-se que essas crianças façam um trabalho "brilhante" em todas as disciplinas..
  • Por fim, nem todas as crianças com altas habilidades têm grande motivação para se destacar na escola, já que muitas vezes são crianças que "se entediam" e que não encaram as atividades acadêmicas como um desafio, podendo passar por alunos preguiçosos ou rebeldes..

Como dissemos, a única coisa que esses mitos podem fazer é atrapalhar nossa avaliação, por isso é conveniente conhecê-los e, na medida do possível, evitá-los..

Referências

  1. Comes, G., Díaz, E., Luque, A., Moliner, O. (2008) A avaliação psicopedagógica de alunos com altas capacidades. Revista Educação Inclusiva, vol. 1, pp. (103-117).
  2. Comes, G., Díaz, E., Luque, A., Ortega-Tudela, J. M. (2012) Análise e avaliação da situação atual dos alunos superdotados na Espanha. Revista Educação Inclusiva vol. 5 (2), pp. (129-139).
  3. Gómez, M. T., e Mir, V. (2011) High Capacities in Boys and Girls: detecção, identificação e integração na escola e na família. Madrid: Narcea.
  4. Martínez, M. e Guirado, À. (coords.) (2012) Altas habilidades intelectuais. Linhas de ação, orientação, intervenção e avaliação no período escolar. Barcelona: Graó.
  5. .

Ainda sem comentários