Como parar de gaguejar 10 exercícios práticos

2710
Basil Manning
Como parar de gaguejar 10 exercícios práticos

Você é gago e se sente frustrado e envergonhado sempre que precisa falar em público? Você acha que seu filho tem sintomas de gagueira e você quer ajudá-lo a superar o problema?

Bem, há boas notícias para você. Se sua fluência na fala for gravemente afetada por você ser gago, os sintomas podem ser aliviados praticando alguns exercícios para parar de gaguejar.

E se você tiver um filho pequeno com esse problema, pode ajudá-lo a melhorar a gagueira ou a superar o problema. Por outro lado, se você não vê resultados ou prefere alguém com experiência para se dedicar a isso, é aconselhável que você vá a um pedagogo ou psicopedagogo.

Meu filho é gago, como faço para ajudá-lo?

Bem, se você tem um filho pequeno que gagueja, começar o tratamento cedo pode evitar que a gagueira se torne um problema para o resto da vida..

Lembre-se de que um certo grau de gagueira em crianças de 3 ou 4 anos é normal. No entanto, você deve levar seu filho ao fonoaudiólogo para uma avaliação se:

  • A gagueira dura seis meses ou mais e não desaparece,
  • A criança apresenta outros sintomas, como tremores nos lábios ou piscar rápido ao falar.
  • Existem gagos na familia.

Após iniciar o tratamento com o fonoaudiólogo, a criança deve ser acompanhada a cada três meses para ver se a gagueira está diminuindo ou, pelo contrário, está piorando.

Dicas para pais

Como mãe ou pai, você pode ajudar seu filho das seguintes maneiras:

  • Ofereça oportunidades para que seu filho fale de maneira relaxada. Ouça-o com o tempo, com atenção e sem pressioná-lo.
  • Não reaja negativamente quando ele gagueja. Corrija sem ficar com raiva e elogie se ele falar fluentemente.
  • Não exija que eles falem de uma determinada maneira ou na frente de outras pessoas.
  • Fale devagar e com calma.
  • Quando ele gaguejar, espere pacientemente que ele complete a palavra ou frase.
  • Diga a ele que uma pessoa pode se comunicar bem mesmo que gagueje, que a criança entende que a gagueira não é algo ruim ou constrangedor e que não precisa ser um impedimento em sua vida.

Esses fatores psicológicos são muito importantes para superar ou pelo menos minimizar a gagueira. Lembre-se que a consulta com um profissional especializado é fundamental para ajudar a criança a superar o problema ou melhorar os sintomas.

10 exercícios para parar de gaguejar

Se você já é adulto e tem esse incômodo problema de gagueira, não deve perder a esperança, pois existem técnicas e tratamentos que podem te ajudar muito.

A maioria das técnicas são exercícios para melhorar a fluência da fala, mas também existem medicamentos e dispositivos que podem ser úteis..

Use aparelhos eletrônicos

Existem dispositivos que são colocados no ouvido, semelhantes a um aparelho auditivo, que reproduzem digitalmente no ouvido uma versão um tanto retocada da voz da pessoa que o está usando.

Esses tipos de dispositivos podem ajudar a melhorar a fluência da fala. Porém, há quem pense que eles não são muito práticos de usar no dia a dia..

Os pesquisadores continuam a estudar a eficácia a longo prazo desses tipos de dispositivos.

Estude a opção de tratamento medicamentoso

Embora não haja nenhum medicamento específico para a gagueira, alguns medicamentos usados ​​para controlar a ansiedade ou a depressão mostraram melhorar os sintomas.

Quando a pessoa se sente mais relaxada e calma, apresenta maior fluência ao falar. No entanto, a medicação deve ser administrada com cuidado. Pode haver efeitos colaterais.

Aceitação

Ser gago é algo que pode acontecer com qualquer pessoa e, na verdade, não é um problema sério. Se você puder aceitar seu problema e até mesmo rir dele, você se sentirá mais calmo e relaxado quando tiver que falar em público e poderá gaguejar menos.

Os grupos de autoajuda podem ser muito úteis nesse sentido. Fazer parte do grupo seguro vai te ajudar a se aceitar como é e a se sentir melhor, sabendo que existem muitas pessoas com esse problema que trabalham todos os dias para se superarem..

Além disso, o grupo compartilha experiências e diferentes ferramentas para melhorar os sintomas da disfemia..

Fique na frente do espelho

Esta é uma técnica que parece ser muito simples, mas é muito eficaz. O ideal é que você fique em frente a um espelho e, se ele for grande, melhor: poder se observar de todo o corpo o ajudará ainda mais..

Na frente dele, e sozinho, ele começa a falar. Faça perguntas a si mesmo e você mesmo as responde. No começo você pode se sentir um pouco estranho, mas se ver falando, e sem nenhum problema, será uma imagem muito valiosa.

O espelho permite que você use seu canal visual de comunicação. Com isso, seu cérebro está fixando uma imagem, que por outro lado é muito positiva. Por estar sozinho e sem ninguém te vigiando, você ficará calmo e relaxado, e é muito provável que não gagueje.

Mais tarde, quando você estiver em público, seu cérebro vai se lembrar daquela imagem, de falar sem gaguejar.

Ler em voz alta

Embora esse seja um dos grandes desafios dos gagos, como acontece com todos os medos e barreiras, eles devem ser enfrentados para superá-los. É a única maneira de vencê-los.

No início é conveniente fazer este exercício sozinho, sem espectadores. Desta forma, a tensão e o medo do ridículo são eliminados..

Com o tempo, essa dinâmica pode se repetir, mas na presença de alguém, se for uma pessoa em quem você confia, melhor. O próximo passo será a situação “normal” de leitura diante do público, mas quando esse momento chegar você já terá adquirido a experiência necessária..

Mude sua atitude quando precisar falar em público

Essa técnica é usada por muitas pessoas, não apenas por aquelas que gaguejam..

Você já ouviu falar de "medo do palco"? Bem, essa técnica visa eliminar esse medo. Se você ficar preso ao falar ou descobrir que o olhar dos outros apenas bloqueia você e você gagueja ainda mais, não olhe para uma pessoa em particular.

Embora o interlocutor deva fazer contato visual, você pode fazê-lo de uma maneira geral. Olhe para todos, mas sem olhar para ninguém em particular.

Você pode olhar para o fundo de uma sala ou apenas as cabeças das pessoas, mas nunca diretamente em seus olhos. Eles não vão notar esse detalhe, mas você vai se sentir mais relaxado.

Aqui você encontra outras dicas para falar melhor em público.

Exercite-se e treine sua respiração

A respiração é mais de 50% do problema de gagueira. Quando você gagueja, você perde a coordenação da fala ao inspirar e expirar o ar.

Se quiser, pode fazer uma primeira consulta com um fonoaudiólogo para explicar melhor o funcionamento de todos os órgãos que intervêm quando você fala.

Além dos conselhos práticos do profissional, existem duas técnicas que podem sempre te ajudar a falar com mais fluência:

  • Respire fundo antes de falar. Exatamente como se você fosse mergulhar na água, respire fundo duas ou três vezes. Inspire o máximo de ar possível e expire muito lentamente. Você vai se sentir imediatamente calmo e calmo.
  • Respire enquanto você está falando. Obrigue-se a fazer pequenas pausas durante a conversa. Quer você fique travado ou não, é bom se acostumar, respirar durante um discurso deve ser um hábito para você.

Um recurso que parece ótimo é pegar a frase que você terminou antes de respirar. Vai parecer natural e você terá alcançado seu objetivo.

Dê um certo ritmo ao seu jeito de falar

Sem cair em exageros, você pode dar à sua fala um certo sotaque ou música. Quando um gago dá ritmo às suas frases, ele fica menos travado. Naturalmente, você pode expressar as sílabas um pouco mais, sem que isso soe mal ao interlocutor.

Nunca defina metas de velocidade

Nunca é uma boa ideia estabelecer metas de tempo ao falar, muito menos quando você gagueja. Velocidade é o pior inimigo da disfemia.

Nunca assuma compromissos consigo mesmo ou com os outros, tendo que falar a uma certa velocidade. Falar devagar sempre será o melhor para você.

Consulte fonoaudiólogos

Quer sejam fonoaudiólogos, fonoaudiólogos ou psicólogos especializados em questões de linguagem, participar da terapia pode ajudá-lo.

Porém, é importante lembrar que qualquer tratamento, profissional ou não, não é garantia de que sua gagueira desaparecerá por completo..

Isso vai depender de qual é o seu caso, especialmente qual é a sua idade e como é o ambiente ao seu redor. Nunca é bom superar muitas expectativas em uma terapia. Não porque não vá funcionar para você, mas porque você não quer se esforçar demais para parar de gaguejar..

Finalmente, você deve ter em mente que qualquer tratamento que você siga para parar a gagueira demorará um pouco para mostrar resultados..

Você terá que aplicar certas técnicas e exercícios com paciência e perseverança por meses antes de notar melhorias. Na maioria dos casos, você deve aplicar mais de uma técnica e não deve se decepcionar se uma delas não funcionar.

O importante é ter em mente que você pode melhorar com a prática. Se você aprender a relaxar, se deixar de lado o medo ou a vergonha ao falar e praticar esses exercícios, certamente notará que com o tempo sua fluência de fala melhora e você gagueja menos.

E o que você fez para parar de gaguejar?


Ainda sem comentários