Como as crianças aprendem?

3809
Alexander Pearson

Entender como as crianças aprendem é uma das missões fundamentais de disciplinas como a psicologia evolucionista e a psicologia educacional. Durante as últimas décadas, uma infinidade de estudos foram realizados e um grande número de teorias foram levantadas que estudam o fenômeno da aprendizagem na infância..

Embora alguns dos mecanismos de aprendizagem sejam universais e permaneçam constantes ao longo do desenvolvimento da criança, descobriu-se que outros variam de pessoa para pessoa e entre os diferentes estágios de aprendizagem. Isso permitiu aos educadores melhorar e refinar as técnicas de ensino..

Por outro lado, para os pais, compreender a forma como os filhos aprendem é essencial para poder apoiá-los da melhor forma no seu processo educativo. Neste artigo, contaremos como as crianças adquirem algumas das habilidades mais importantes em seu desenvolvimento.

Índice do artigo

  • 1 Como as crianças aprendem a falar?
    • 1.1 Distinção de estímulos sensoriais
    • 1.2 Produção de som
  • 2 Como as crianças aprendem a ler?
    • 2.1 Combine letras com sons
    • 2.2 Leitura de sílabas e palavras inteiras
    • 2.3 Adquira fluência
  • 3 Como as crianças aprendem outras habilidades complexas?
    • 3.1 Incompetência inconsciente
    • 3.2 Incompetência consciente
    • 3.3 Competência consciente
    • 3.4 Competência inconsciente
  • 4 referências

Como as crianças aprendem a falar?

A linguagem é um dos principais fatores que separam os seres humanos de outros animais. Muitos psicólogos argumentaram que a capacidade de falar é o que permitiu que nossa espécie se desenvolvesse, tornando-se o que somos hoje.

Por isso, o estudo de como aprender a falar é um dos tópicos mais importantes de toda a psicologia evolucionista. O processo de aquisição da capacidade de expressão em palavras é extremamente complexo e começa praticamente no momento do nascimento..

A seguir, veremos quais são as duas habilidades necessárias para uma criança aprender a falar.

Distinção de estímulos sensoriais

A primeira coisa que um bebê precisa aprender antes de ser capaz de falar é distinguir os diferentes estímulos que atingem seus sentidos..

No início, a percepção dos recém-nascidos não funciona muito bem, então distinguir palavras específicas de outros tipos de sons é uma tarefa que eles não conseguem realizar corretamente..

No entanto, com o tempo, os bebês refinam sua compreensão dos estímulos que recebem, de modo que são capazes de primeiro distinguir a linguagem de outros tipos de sons..

Mais tarde, eles têm que adquirir a capacidade de encontrar os espaços entre as palavras e, finalmente, entender que eles têm um significado concreto.

Todas essas habilidades são desenvolvidas entre o nascimento e os primeiros 18 meses de vida, aproximadamente, ao mesmo tempo em que a criança adquire outra das habilidades fundamentais para a fala: a produção de sons..

Produção de som

Os bebês tentam instintivamente imitar suas figuras de referência desde o momento do nascimento. Estudos mostram que crianças com apenas alguns minutos de idade são capazes de reproduzir as expressões faciais de seus pais, e essa habilidade melhora com o tempo.

Uma das versões mais complexas dessa habilidade é a capacidade de reproduzir sons. No início, os bebês começam a fazer ruídos sem sentido (balbuciando, gritando, rindo, etc.). No entanto, com o tempo, eles começam a emitir primeiras sílabas e, em seguida, palavras inteiras.

O processo de aquisição da linguagem começa muito lentamente; em média, as crianças aprendem cerca de 50 palavras no primeiro ano e meio de vida.

Porém, a partir desse momento ocorre uma explosão no desenvolvimento de sua linguagem, tendo adquirido aos 6 anos aproximadamente 11.000 palavras em seu vocabulário..

Como as crianças aprendem a ler?

Ao contrário da linguagem falada, a alfabetização não é uma habilidade codificada em nossos genes.

Isso ocorre porque nossos primeiros ancestrais não tinham linguagem escrita; portanto, aprender a ler é um processo que muitas vezes é muito mais difícil para as crianças do que aprender a falar.

Adquirir essa habilidade requer que a criança domine uma série de etapas muito complexas, o que significa que o processo pode ser estendido ao longo do tempo.

A maioria das pessoas é capaz de ler entre as idades de quatro e sete anos, embora algumas tenham algumas dificuldades especiais.

A seguir, veremos quais são as habilidades necessárias para uma criança aprender a ler.

Combine letras com sons

A primeira coisa que uma criança precisa aprender para começar a ler é que cada uma das letras do alfabeto tem uma maneira específica de ser escrita.

A relação entre uma letra e seu som é arbitrária, por isso é necessário memorizar cada uma delas para entender os textos escritos..

Felizmente, o espanhol é uma língua lida exatamente como está escrita, ao contrário de outras como o inglês, cuja dificuldade aumenta exponencialmente.

Lendo sílabas e palavras inteiras

Posteriormente, as crianças devem aprender a relação entre as diferentes letras, para que sejam capazes de ler sílabas e, posteriormente, palavras inteiras.

Novamente, adquirir essa habilidade para a língua espanhola é muito mais fácil do que para a maioria das outras línguas, nas quais o som de cada letra muda dependendo da letra que está à sua frente..

Adquira fluência

Finalmente, uma vez que as crianças são capazes de entender palavras inteiras, a última etapa que devem dar para aprender a ler corretamente é ganhar velocidade no processo. Isso requer muita prática, e é por isso que a maioria das pessoas não a obtém até o final da infância..

Como as crianças aprendem outras habilidades complexas?

Embora cada habilidade exija uma série de etapas concretas para ser dominada, numerosos estudos sobre a aprendizagem humana revelaram que sempre há quatro fases na aquisição de uma nova. Em seguida, veremos cada um desses.

Incompetência inconsciente

Nesta primeira fase, a pessoa não só não adquiriu a habilidade desejada, como também não sabe o que está errado ou o que precisa aprender.

Incompetência consciente

Mais tarde, a pessoa descobre o que está fazendo de errado e que passos precisa dar para adquirir a nova habilidade (graças ao seu próprio estudo ou ajuda de um mentor). No entanto, ele ainda não conseguiu realizar o processo e, portanto, não o domina.

Competição consciente

Nesse ponto, a pessoa já tem algum domínio sobre a nova habilidade, mas ainda precisa colocar muito esforço mental nela..

Competência inconsciente

Quando este último ponto é alcançado, a pessoa internalizou totalmente o que aprendeu e é, portanto, capaz de usar sua nova habilidade sem esforço e de forma adequada.

Referências

  1. "Como as crianças aprendem a falar" em: Parenting. Obtido em: 06 de maio de 2018 em Parenting: parenting.com.
  2. "How Children Learn" em: National Academy Press. Obtido em: 06 de maio de 2018 da National Academy Press: nap.edu.
  3. "Aprendizagem" em: Wikipedia. Obtido em: 06 de maio de 2018 da Wikipedia: en.wikipedia.org.
  4. "How Children Learn" em: Learn English Kids. Obtido em: 06 de maio de 2018 em Learn English Kids: learnenglishkids.britishcouncil.org.
  5. "Como as crianças aprendem a ler?" em: Lendo Foguetes. Obtido em: 06 de maio de 2018 em Reading Rockets: readingrockets.org.

Ainda sem comentários